Ramon Rocha

Ramon Rocha explora a sucata de metal criando novas formas e provando a cada peça que o talento e a imaginação geram resultados estéticos vigorosos e harmoniosos.

Suas esculturas, reconhecidas pelo apuramento técnico, caminham entre o abstrato e o figurativo com raro refinamento plástico.

Nascido em 1953, em Mogi das Cruzes (SP), iniciou sua carreira artística em 1979 e partir daí já produziu mais de 12 mil peças entre elas 200 monumentos que chegam a 30 metros de altura e que estão instalados em praças públicas de diversas cidades.

Tem cerca de 200 prêmios, já participou de cerca de duas mil exposições coletivas e individuais nacionais e internacionais e tem suas obras espalhadas por diversos lugares do Brasil e no exterior, como Lisboa, Lyon, Porto Rico e Paris.

Alquimista dos Metais

Transformar no mundo de hoje é imperioso. Temos em nossas mãos o compromisso de preservar e de utilizar racionalmente o que nos está disponível, e é dentro deste contexto que trago a reciclagem de sucatas como uma atividade artística não somente criativa, mas antes de tudo responsável